restauracaodepiso.com.br

restauracaodepiso.com.br

Precisando cuidar ou restaurar o piso de sua casa, apartamento, escritório ou loja? Nós preparamos o guia com as melhores dicas para ajudá-lo a escolher o processo ideal para deixar seus pisos novos em folha.

Respeitamos sua privacidade, NUNCA enviamos spam!

Piso de Concreto

Os pisos de concreto têm se tornando muito populares nos projetos de engenharia e nos de arquitetura. Conheça um pouco mais sobre esse revestimento e como utilizá-los bem como o seu funcionamento.

Os pisos de concreto intertravados estão se tornando cada mais populares em projetos de engenharia e arquitetura. Saiba mais sobre esse tipo de revestimento e como usá-los além do seu funcionamento.

Bloco de Concreto Intertravado

Mesmo com nomes diferentes a composição dos pisos intertravados é basicamente a mesma, eles são feitos de blocos pré-fabricados de concreto. A ideia é que esse material substitua o uso do paralelepípedo. Tem sido muito usado em projetos de espaços públicos como calçadas, garagens, praças entre outros.

Esse tipo de revestimento conta com propriedades antiderrapantes que tornam o acesso melhor para cadeirantes e também deficientes visuais. O piso de concreto intertravado também merece destaque no que concerne a sustentabilidade. Esse piso tem características especiais em relação a infiltração da água de maneira que eles evitam o processo de impermeabilização do solo de forma que evitam o surgimento de problemas como enchentes.

Piso de Concreto

Instalação do Piso de Concreto Intertravado

O nome desse piso vem do fato de que a instalação do mesmo é feita através do travamento das peças entre si como se criasse um tipo de quebra-cabeça que é unido com o uso de areia fina. Trata-se de um processo de instalação relativamente simples já que dispensa o uso de armadura.

Para que tudo dê certo é necessário que a mão-de-obra seja qualificada. A instalação acontece em passos que são: instalação das contenções laterais para evitar que os blocos deslizem; nivelamento e compactação da base; nivelamento da areia de assentamento; disposição das peças fazendo ajustes e cortes; ajuste e espalhamento bem como rejunte com areia; compactação e limpeza.

Depois desses passos o seu piso estará pronto para um bom tráfego e não será necessário quebrar o mesmo caso sejam realizadas obras de manutenção ou mesmo de melhoria de infraestrutura. Na recomposição tem resíduos sólidos e insumos quase nulos.

restauracaodepiso.com.br

Dicas mais acessadas